Los Angeles Review of Books: Authoritarian Media: On Peter Pomerantsev’s “How to Win an Information War”

THE 2023 FILM The Zone of Interest—a UK, Polish, and US co-production—was widely lauded for its sound design, winning the 2023 Academy Award for best sound and Cannes Film Festival and BAFTA awards in the same category. Critics marveled at how the movie evoked the quotidian reality of family life next door to Auschwitz and […]

The post Authoritarian Media: On Peter Pomerantsev’s “How to Win an Information War” appeared first on Los Angeles Review of Books.

Parafraseando Livros: Uma magia destilada em veneno – Judy I Lin

Parafraseando Livros: Uma magia destilada em veneno – Judy I Lin

Filha de um médico e de uma mestre da arte Shénnóng, Ning estava conformada com o arranjo familiar em que seguiria os passos do pai enquanto a irmã, Shu, seguiria os da mãe. Mas quando um chá envenenado leva sua mãe à morte e adoece gravemente sua irmã, os desejos secretos do coração de Ning se misturam à busca pelo antídoto que salvará Shu. A jornada de Ning a leva até o palácio, onde será realizada uma competição para escolher o novo mestre Shénnóng da corte. O prêmio? Um pedido concedido pela própria princesa. Desesperada para salvar Shu, Ning vê na competição sua única alternativa e, mesmo não sendo a aprendiz da mãe, decide arriscar se passar pela irmã para competir. O que ela não imaginava é que as políticas da corte poderiam ser mais perigosas do que o chá envenenado que vem assolando todo o império de Dàx? Agora, Ning está sozinha na capital e cheia de segredos que podem não só eliminá-la da competição como condenar sua família a um destino terrível. Além disso, ainda precisará provar suas habilidades no preparo de chás com propriedades lendárias enquanto se vê cada vez mais envolvida nas intrigas da corte, as […]

Este post Uma magia destilada em veneno – Judy I Lin apareceu primeiro no Parafraseando Livros.

Parafraseando Livros: A Dança da Floresta – Juliet Marillier

Parafraseando Livros: A Dança da Floresta – Juliet Marillier

A história apresenta as cinco filhas de um mercador: Jena, Tatiana, Paula, Iulia e Stella, que, quando crianças, descobrem um portal para o Outro Mundo, aberto apenas durante as noites de Lua Cheia. Assim, uma vez por mês, elas embarcam para um mundo cheio de criaturas fantásticas onde, tal qual a história de As Doze Princesas Bailarinas, elas gastam a sola de suas sapatilhas dançando. Por nove anos elas conseguiram manter esse segredo escondido de todas as pessoas que moram no castelo, até que, com a chegada de um inverno rigoroso e a partida iminente de seu pai adoentado, as noites na Clareira Dançante ficam ameaçadas. Cezar, o primo ambicioso, não pretende permitir que Jena assuma as responsabilidades e negócios da família. Uma tragédia coloca em risco não apenas a sua independência como a paz de todas as criaturas da floresta. Com a ajuda de seu melhor amigo, um sapo chamado Gogu, ela precisará impedir que tudo o que mais ama seja destruído. E, para piorar, uma de suas irmãs se apaixona por uma das misteriosas criaturas da Clareira Dançante... Opinião Há algum tempo, e não sei precisar quanto, fui impactada por uma capa magnífica no Instagram. Era uma das […]

Este post A Dança da Floresta – Juliet Marillier apareceu primeiro no Parafraseando Livros.

Parafraseando Livros: Novas aquisições do blog #177

Parafraseando Livros: Novas aquisições do blog #177

Nesse aquisições, uma mistura de romance contemporâneo, não ficção, fantasia e realismo fantástico. De vez em quando, eu fico interessada em alguns livros que acabam furando minha bolha de gêneros. Taylor Jenkins Reid foi uma autora que saiu arrastando as atenções de várias pessoas com dois livros sobre “celebridades” e suas vidas. O primeiro livro que eu trouxe aqui pra casa foi Os sete maridos de Evelyn Hugo e, até onde eu sei, é o favorito de muitos por aí. Mais até do que seu irmão que virou série na Amazon Prime. Obviamente ainda não li. 🤷‍♀️ Estou esperando o chamado do romance contemporâneo surgir, pra ver se lembro dele como uma opção. Meus pais fizeram faculdade de psicologia. Por muito tempo, minha mãe não atuou como psicóloga, mas desde que se aposentou, ela passou a atender. Eu cresci nesse meio de “ser analisada” e acabei escolhendo uma profissão que lida com o psicológico das pessoas. Em design, quando criamos uma experiência, estamos levando em consideração, mesmo sem perceber, aspectos do comportamento das pessoas. Uma “escola” que tem ganhado muita força é a do design comportamental (behavioural design), como forma de conseguir criar experiências digitais com cada vez mais sucesso. […]

Este post Novas aquisições do blog #177 apareceu primeiro no Parafraseando Livros.

Electric Literature: Exclusive Cover Reveal of “Book of Kin” by Darius Atefat-Peckham

Electric Literature: Exclusive Cover Reveal of “Book of Kin” by Darius Atefat-Peckham

Electric Literature is pleased to reveal the cover for the poetry collection Book of Kin by Darius Atefat-Peckham, which will be published by Autumn House Press on Oct. 25, 2024. Preorder the book here. A debut collection that draws on the poet’s Iranian heritage to process life-altering loss and grief. Darius Atefat-Peckham’s debut poetry collection follows a boy’s coming of age […]

The post Exclusive Cover Reveal of “Book of Kin” by Darius Atefat-Peckham appeared first on Electric Literature.

Electric Literature: Exclusive Cover Reveal of “Ominous Music Intensifying” by Alexandra Teague

Electric Literature: Exclusive Cover Reveal of “Ominous Music Intensifying” by Alexandra Teague

Electric Literature is pleased to reveal the cover for the poetry collection Ominous Music Intensifying by Alexandra Teague, which will be published by Persea Books on October 1, 2024. Preorder the book here. In poems that swirl together traditional American patriotic music with current horrors—from gun violence to climate change—and in which Yeats’ famous apocalyptic figure of the […]

The post Exclusive Cover Reveal of “Ominous Music Intensifying” by Alexandra Teague appeared first on Electric Literature.